Imobiliária em Joinville SC | Anagê Imóveis | Compra, Venda e Aluguel

Imóveis favoritos Não há favoritos adicionados
Você pode adicionar imóveis aos favoritos
clicando no ícone
Histórico de visualização Nenhum imóvel foi visualizado

Imóvel próprio por 6% ao ano

27 de junho de 2011 por Anagê

Com as mudanças anunciadas, quinta-feira, pelo governo federal na área de financiamento habitacional, quem tem renda de até R$ 5.400 poderá comprar imóvel com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a juros de 6% ao ano mais TR (Taxa Referencial). Além disso, a taxa ainda poderá cair para 5%, se a renda do trabalhador for de até R$ 3.100 ou o mutuário final estiver ligado ao setor público e houver convênio. O valor máximo do imóvel é o mesmo do programa ‘Minha Casa, Minha Vida 2′: R$ 170 mil.
Segundo Gilberto Braga, do Ibmec, a economia pode chegar a 18% da prestação de um imóvel de R$ 160 mil, com financiamento de 80% do valor. A simulação leva em conta pagamento em 30 anos. A entrada será de 20%, ou seja, R$ 32 mil, e o empréstimo, de R$ 128 mil. Nesse caso, a prestação com juros de 6% seria de R$ 881 em vez de R$ 1.076, com a taxa de 8,16% ao ano. “O valor da prestação diminui 18%, um grande refresco. Mas o maior problema ainda é juntar a entrada, que não é pequena”, diz o economista.
Minha Casa, Minha Vida 2
– Técnicos discutem taxas de juros e Fundo Garantidor, entre outras mudanças. O único item mantido é o desconto, que vai de R$ 2 mil a R$ 23 mil, a famílias com renda até R$ 3.100, em vez de R$ 2.790.
– As mulheres chefes de família poderão assinar contratos independentemente do estado civil. Até então, elas necessitavam da assinatura do marido, o que dificultava o acesso ao programa. A medida vale para as que tenham renda de até R$ 1.600.
– Haverá ainda parceria maior com prefeituras que vão receber recursos para desenvolvimento do trabalho social com às famílias beneficiadas como mobilização e organização comunitária, educação sanitária e ambiental, geração de emprego e renda.
– O imóvel comprado por famílias de menor renda, somente pode ser vendido antes do prazo de 10 anos se o valor total for quitado, incluindo o subsídio. É para evitar a venda precoce do imóvel. O programa incluiu reforma em habitação rural.

FONTE: O Dia, Cristiane Campos

Categorias: Dicas, Institucional, Mercado imobiliárioTags:, , , , , |

  1. Usar o FGTS na compra do imóvel ajuda muito o comprador.

    Comentário por portal de imóveis — 12 de março de 2014 @ 17:08

Deixe um comentário

*

Pensando em comprar ou alugar um imóvel?
Deixe seu e-mail e receba nossas dicas e novidades!