Imobiliária em Joinville SC | Anagê Imóveis | Compra, Venda e Aluguel

Imóveis favoritos Não há favoritos adicionados
Você pode adicionar imóveis aos favoritos
clicando no ícone
Histórico de visualização Nenhum imóvel foi visualizado

O que é crédito associativo?

22 de setembro de 2016 por admin

Imagem 18

 

O crédito associativo é uma linha de crédito para financiamento de empreendimentos na planta. Uma entidade organizadora, que pode ser uma construtora e/ou incorporadora, por exemplo, fecha contratos de venda de apartamentos na planta com um grupo de pessoas para tornar o negócio viável. O financiamento é feito com recurso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), vinculada ao Programa de Carta de Crédito Associativo, com financiamento direto aos compradores.

Ao atingir um número mínimo de compradores, é firmado um contrato com uma instituição financeira. Na modalidade Crédito Associativo o grupo de adquirentes financia os imóveis ainda na planta, garantindo seu crédito, condições comerciais e acompanhamento permanente da construção pelo banco.

Nesta modalidade, o crédito é concedido ao comprador do imóvel e não a incorporadora. O comprador se responsabiliza pelo financiamento e o dinheiro é liberado em fases para a incorporadora no decorrer da construção do empreendimento. Uma das vantagens é que durante o período construtivo, o comprador paga somente os juros referentes ao repasse à incorporadora e as parcelas da entrada do imóvel sendo que o seu saldo devedor não é reajustado. Só depois que pega as chaves do apartamento é que começa a amortizar o financiamento.

No Programa Minha Casa Minha Vida, é possível financiar até 90% do imóvel objeto da negociação. Na região de Joinville, para enquadramento nesta modalidade, os imóveis podem custar até 180 mil reais. A instituição financiadora da obra varia de acordo com a escolhida pela construtora. Instituição como Banco do Brasil também trabalha com crédito associativo.

 

Confira as vantagens:

– Quando a pessoa assina o contrato por meio do Crédito Associativo, ocorre o congelamento do saldo financiado. A pessoa passa a pagar os juros dos recursos liberados para a obra de acordo com o andamento da construção

– Possibilidade de usar o FGTS na hora de assinar o contrato de financiamento, reduzindo o valor financiado

– Economia com o pagamento impostos e custos de cartório pois os mesmos são calculados sobre base reduzida de valor

– Construtora oferece seguro de conclusão da obra, garantindo mais segurança financeira e jurídica ao comprador

– Como o banco financiador vai liberando os recursos mensalmente, existe a garantia que não faltará dinheiro para a conclusão da obra

– Contratação imediata de segura de vida que pode quitar totalmente ou parcialmente o valor do imóvel em caso de morte de quem fez o financiamento

– É possível financiar as custas cartoriais.

Categorias: Mercado e economiaTags:, , , |

Deixe um comentário

*

Pensando em comprar ou alugar um imóvel?
Deixe seu e-mail e receba nossas dicas e novidades!