Imóveis favoritos Não há favoritos adicionados
Você pode adicionar imóveis aos favoritos
clicando no ícone
Histórico de visualização Nenhum imóvel foi visualizado

Chegou a hora de comprar seu imóvel em Joinville, e agora?

23 de julho de 2021 por admin

Você e sua família decidiram que chegou a hora de tirar o plano do imóvel próprio do papel? Essa é uma decisão muito importante e que envolve uma série de providências. Por isso, é fundamental contar com a orientação adequada. Se você pretende comprar seu imóvel em Joinville, acompanhe a seguir nossas dicas para fechar o melhor negócio.

As dúvidas sempre aparecem na hora de comprar um imóvel, principalmente se for o primeiro. Neste post do nosso blog você pode conferir as respostas para 5 das principais dúvidas de quem vai comprar um imóvel.

Ter questionamentos nessa hora é comum, pois a compra de um imóvel com segurança exige conhecimento do mercado imobiliário e de outras áreas como  financeira, tributária e jurídica.

Elaboramos uma lista de passos a serem seguidos e que facilitarão esse momento tão importante. Confira!

Dicas essenciais para quem vai comprar imóveis

1. Procure uma imobiliária

Imobiliária é serviço essencial quando se trata de fechar o melhor negócio ao comprar o seu imóvel. Para economizar tempo, evitar problemas desnecessários e realizar uma transação segura, essa é a melhor opção. Antes de escolher a empresa, considere a estrutura, a disponibilidade do corretor e pesquise referências de vendas anteriores. 

Leve em conta ainda: serviços oferecidos, área geográfica de atuação, quantidade de imóveis na carteira, atendimento fora do horário comercial, orientação sobre financiamentos e elaboração de contrato profissional com revisão de equipe jurídica.

Todos esses aspectos indicam a expertise da imobiliária e farão diferença no atendimento e no resultado obtido. Saiba aqui mais informações sobre como uma imobiliária pode ajudar você a comprar um imóvel.

2. Defina suas necessidades com clareza

Para começar, faça uma lista dos tipos de imóveis que mais despertam o seu interesse: casas, apartamentos, sobrados, entre outros. Da mesma maneira, identifique regiões e bairros que mais se adequam às suas necessidades e desejos.

Em seguida, converse com cada membro da família para decidir o que é importante no imóvel: quintal, piscina, home office, dependência de empregada etc. Dependendo do valor disponível para o negócio, podem ser acrescentados ou retirados itens.

Veja aqui mais dicas para escolher o imóvel ideal.

3. Faça uma reunião com o corretor

O contato com o corretor de imóveis serve para planejar a aquisição e para que você informe suas necessidades e preferências (número de dormitórios, localização etc), estilo de vida e potencial de compra (valor disponível em dinheiro, necessidade de financiamento, disponibilidade do FGTS, automóvel ou outro imóvel que possa ser dado como parte do pagamento).

O corretor é o profissional responsável por ajudar o interessado a encontrar o imóvel ideal, bem como a avaliar as opções disponíveis, verificar a documentação e informar a respeito das formas de pagamento mais indicadas e das possibilidades de proposta para o negócio.

Quer saber mais sobre o papel do corretor de imóveis? Confira aqui um post do nosso blog com mais informações sobre esse tema.

4. Visite mais de 1 imóvel

Só faça negócio após visitar um número razoável de casas e apartamentos. Além disso, visite o imóvel escolhido mais de uma vez, durante o dia e à noite, se possível. Ainda, pergunte aos vizinhos sobre segurança, barulho e outros problemas.

Para a escolha, considere também os requisitos relacionados à valorização do imóvel – para o caso de uma possível revenda – como infraestrutura e conservação, necessidade ou não de reforma, posição em relação ao sol, localização, entre outros pontos. Observe também como você se sente no imóvel.

Confira aqui mais detalhes sobre o que avaliar no imóvel.

5. Faça uma inspeção minuciosa no imóvel

Antes de assinar o contrato, fique atento a possíveis defeitos no imóvel escolhido. Há problemas que precisam de reparos antes mesmo da mudança. Fique de olho em rachaduras, ao quadro de força e às condições do telhado. Além disso, procure descobrir se há vazamentos, diminuição de vazão de água entre pontos, existência de cupins, paredes úmidas, ocas ou descoladas.

Contar com profissionais capacitados para orientar você nessa avaliação é fundamental, principalmente em imóveis mais antigos, que podem exigir uma análise mais criteriosa. 

6. Negocie antes de fechar o negócio

Faça propostas inteligentes e plausíveis, com a ajuda de seu corretor. Lembre-se de não fechar negócio com base no primeiro valor ofertado, especialmente se o pagamento for feito à vista. O pagamento à vista garante maior poder de negociação ao comprador. Da mesma forma, um valor de entrada interessante pode ser aceito como sinal e garantir um bom negócio também. 

Dependendo da situação econômica e do momento do mercado, é recomendado tentar negociar o valor anunciado.

Se o proprietário residir no imóvel que você está visitando, procure não conversar com ele sobre preços e condições comerciais. Isso porque muitas negociações são bloqueadas por interferências de interessados ou do próprio proprietário. Lembre-se que a imobiliária e o corretor possuem as credenciais necessárias para intermediar a negociação.

7. Revise o contrato

É recomendável que toda compra de imóvel seja acompanhada de um instrumento particular de contrato elaborado pela imobiliária, mesmo que a escritura seja lavrada imediatamente após a negociação.

O contrato protege ambas as partes e estabelece condições, por exemplo, sobre a posse no imóvel e dívidas de impostos que não são cobertas na escritura.

Dados do comprador e do vendedor, bem como informações sobre o imóvel, a forma de pagamento e até mesmo a prescrição de multas em caso de algum tipo de atraso devem estar contidas nesse documento.

Saiba aqui mais informações sobre o que observar em um contrato de compra e venda de imóvel.

8. Verifique a documentação

O vendedor do imóvel deve apresentar certidões negativas dos cartórios de protestos, dos distribuidores cíveis, da Justiça Federal, da Receita Federal e de tributos municipais.

Além disso, é importante verificar a matrícula atualizada do imóvel, expedida pelo Oficial do Cartório de Registro de Imóveis, e uma declaração que confirme que as taxas de condomínio estão em dia, no caso dos apartamentos.

Vale lembrar que a negociação só é oficializada se toda a documentação estiver em ordem e se todas as taxas referentes ao processo de compra e venda forem pagas.

Acesse aqui um post do nosso blog com informações sobre os documentos necessários.

Imóveis em Joinville

Depois de ler as nossas dicas para o momento de comprar um imóvel, fica mais clara a importância de receber orientação e respaldo adequados durante o processo, certo?

Para quem deseja comprar imóveis em Joinville, a Anagê oferece diferenciais exclusivos. São mais de três décadas de atuação no mercado imobiliário, com tradição e credibilidade. Além disso, contamos com uma equipe de corretores experientes, que cuida de cada detalhe do processo junto com você, garantindo uma negociação ágil e segura.

Confira aqui um passo a passo completo para comprar um imóvel.Quer ver as opções oferecidas pela Anagê? Acesse o nosso site e conheça nossos imóveis à venda em Joinville.

Categorias: Comprar ImóvelTags:, , , |

Deixe um comentário

*

Pensando em comprar ou alugar um imóvel?
Deixe seu e-mail e receba nossas dicas e novidades!